4101-0251
Certificação de Fibra Óptica

Certificação de Fibra Óptica

O Certificador de fibra óptica é um equipamento essencial para certificar as emendas na fibra, medir velocidade dos links de fibra óptica e para identificar problemas no cabeamento lançado.

A qualidade de uma rede óptica depende da certificação completa da infraestrutura de cabeamento de fibra instalada. Um parque de fibra confiável é essencial assim como proteger os aplicativos do negócio.

Utilizar componentes e ativos de primeira linhas são indispensáveis para conseguir o melhor desempenho de seu investimento em cabos e ativos da rede.

A certificação de Nível 1 (básica) é fundamental nos links de cabeamento óptico de fibra. Os testes da série 1 são: atenuação (perda de inserção), comprimento e polaridade. Ao conduzir o teste da série 1, cada ligação da fibra é medida para a atenuação e os resultados são documentados. Este teste assegura que a ligação da fibra exiba menos perda do que o máximo permissível de perda para o aplicativo imediato.

A certificação das ligações da fibra óptica exige as ferramentas de teste corretas, o conhecimento detalhado de padrões da instalação e do aplicativo, e a habilidade para documentar seus resultados da análise em um relatório sucinto e prático.

A certificação Nível 2 – conhecida como estendida - complementa o teste de Nível 1 com a adição de um refletômetro de domínio de tempo (OTDR) de ponta a ponta. Um traço de OTDR é uma assinatura gráfica da atenuação de uma fibra ao longo de seu comprimento. Permite o cliente medir desempenho dos componentes da ligação (cabo, conectores, fusão e/ou emendas) e a qualidade da instalação examinando não-uniformidades do traço. Este teste da fibra atesta/garante que a mão-de-obra e a qualidade da instalação seguem as especificações de garantia estendida (25 anos Furukawa), normas técnicas e especificações do projeto.

Um traço OTDR ajuda a caracterizar eventos individuais que são invisíveis ao realizar somente o teste de perda/comprimento (nível 1). Fornece aos clientes o retrato mais completo da instalação da fibra e atestando uma instalação da qualidade.

Manutenção do desempenho da infraestrutura da fibra OTDRs também são usados para manter o desempenho da planta de fibra. Um OTDR permite a visualização de mais detalhes afetados pela instalação de cabeamento. Ele mapeia o cabeamento e pode ilustrar a qualidade da terminação e os locais de falha. Ele oferece diagnóstico avançado para isolar um ponto de falha que pode prejudicar o desempenho da rede. Um OTDR permite a descoberta de problemas ao longo do comprimento de um canal que pode afetar a confiabilidade a longo prazo. OTDRs caraterizam recursos como a uniformidade e a taxa de atenuação, o comprimento de segmento, a perda da posição e de inserção de conectores e juntas, e os outros eventos tais como dobras que podem ter ocorrido durante a instalação do cabo.

Ao selecionar o OTDR correto, os gerentes e responsáveis de rede devem se certificar que a ferramenta tem funcionalidades de certificação de comprimento de perda, visão do canal/mapa, capacidades de power meter e interface fácil de usar . Ele também fornece um meio confiável que documenta os resultados de acesso rápido e prático.
A BahiaTec possui OTDRs e power meters de ultima geração e pessoal especializado para execução das seguintes tarefas:
• Certificação de fibra ótica Tier 1 e Tier 2
• Identificação de cabo ótico rompido
• Testes de bobinas óticas
• Relatórios de certificação e “As BUILT”
• Equipe Técnica, com NR 10, NR18, NR35 e todos os EPI´s necessários.

Fusão de Fibra Óptica
A fusão de fibra ótica acontece quando passa energia elétrica de um pólo para o outro e devido à distância que existe entre os mesmos são formados arcos voltaicos que aquecem as fibras a temperaturas altíssimas, que provocam a fusão entre as mesmas. Ou seja, a fibra é introduzida na máquina de fusão, limpa e clivada (cortada com uma equipamento cortador de alta precisão). Após esse alinhamento apropriado, ser submetida à um arco voltaico que eleva a temperatura nas faces das fibras, provocando o seu derretimento e a sua soldagem.

Após a fusão da fibra, é indispensável realizar a proteção das fibras óticas nos pontos em que foram emendadas. Através do protetor de emenda feito de tubo cilíndrico termocontrátil transparente (conhecido como tubete) contendo um elemento metálico em aço inoxidável, garante o reforço mecânico das emendas, protegendo-a contra quebras.

Em seguida são acomodados em caixa de emendas. Elas podem ser de vários tipos, de acordo com a aplicação, o número de fibras e local em que serão utilizadas. Com algumas peculiaridades como estanque, pressurizada, resistentes ao sol.

O custo de todo o material necessário para este tipo de emenda é alto, pois o processo de “Emenda Otica por Fusão” exige um custo alto de investimento nos equipamentos para a sua operação. Entretanto, este processo agiliza as instalações e garante uma grande confiabilidade no sistema.

A BahiaTec possui máquinas de fusão de última geração e pessoal especializado para execução das seguintes tarefas:
- Fusão de fibra ótica monomodo(SM) e multímodo(MM).
- Abertura e fusão em cabos óticos de operadoras de Telecom.
- Fusões em locais de difícil acesso.
- Lançamento de cabos óticos aéreos e subterrâneos
- Equipe Técnica, com NR 10, NR18, NR35 e todos os EPI´s necessários.

A Bahia Tec está pronto para atender a sua empresa!

Levamos o melhor do Serviço de Segurança Eletrônica, Projetos de Rede Lógica e Wireless, e muito mais.